NOVO ÁLBUM
PAULO SIMÕES – OUTRAS CANÇÕES

O cantor, compositor, letrista e instrumentista, lançou no dia 19 de novembro de 2019, na cervejaria Clan Bier em Campo Grande, seu novo trabalho, “Outras Canções”. O álbum afirma através de produções inéditas e releituras, sua condição de um dos principais criadores de uma linguagem musical contemporânea no Mato Grosso do Sul. 

 

Os videoclipes das músicas ‘Coração Teimoso’ e ‘Doidos Demais’, escolhidos para divulgar o novo álbum podem ser vistos no site, no youtube e  nas redes sociais, como Facebook e Instagram. 

 

A direção musical do disco é do multiinstrumentista Antonio Porto, a direção artística do próprio Paulo Simões. Um dos destaques do repertório é ‘Mochileira’, de Geraldo Roca, em versão original ainda desconhecida pelo  público em geral.  

Um time musical consagrado foi convidado pelo artista para acompanhá-lo nesse trabalho, entre eles: Rodrigo Sater, Guga Borba, Guilherme Cruz, Marcellus, Gisele Sater, Anderson Rocha, Maurício Barros e os parceiros João Ormond, de Mato Grosso, e Cláudio Lacerda, de São Paulo. A nova geração musical também está presente no CD nas vozes de Flora Menezes, filha do artista,  Os Alquimistas e Gessy e Layne .

 

O projeto é uma realização da Sparta Produções e obteve apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECTUR), por intermédio do Fundo Municipal de Investimentos Culturais  FMIC 2018.

SIMÕES NAS  ESCOLAS

Diálogos Musicais com Paulo Simões percorreu quatro escolas da rede pública de Campo Grande, divulgando o novo CD e da música regional criada e da produzida no Estado. 

“A intenção é estreitar o relacionamento com as novas gerações, apresentando conteudos relativos à nossa identidade”, afirma Simões.

As escolas que receberam o artista foram a  Escola Estadual Amando de Oliveira, Escola Municipal Hércules Maymone, Escola Municipal Nerone Maiolino ( Estudantes do EJA) e a Escola Municipal Múcio Teixeira Júnior,  reunindo 400 espectadores da comunidade escolar, entre crianças, jovens e adultos estudantes, seus professores e coordenadores. As atividades foram envolventes com a participação expressiva da plateia, próxima do artista e provocada em sua curiosidade e sensibilidade. 

 

Houve palestra do músico sobre sua trajetória, debates e perguntas sobre temas como identidade cultural, o trem, as composições e inspirações do artista, cantoria das canções Trem do Pantanal, Comitiva Esperança e Coração Teimoso, exibição dos clipes e ainda sorteio dos CDs PAULO SIMÕES OUTRAS CANÇÕES aos presentes. 
As bibliotecas escolares receberam também 5 unidades cada.

INFLUENCIANDO GERAÇÕES

A direção musical e arranjos de ‘Outras Canções’ foram realizados pelo compositor e multi-instrumentista Antônio Porto (Toninho Porto). Ele destaca a influência de Simões em suas composições, e comenta a parceria de longa data, em post publicado na rede social Facebook: 

 

“No mês de setembro aproveitei uma visita à Campo Grande para iniciar um show que há muito tempo desejava começar, mas, ainda não tinha colocado em prática. Na apresentação interpreto músicas da parceria dos meus queridos amigos e influenciadores, Paulo Simões e Almir Sater”, destaca.

 

Porto elenca algumas de suas canções preferidas, entre elas: Galopada, Viola e Vinho Velho, Mês de Maio, Semente, A Saudade é uma estrada longa, entre outras. “Essas músicas fazem parte do melhor que já foi produzido, não só em nossa terra [Mato Grosso do Sul], mas, como de tudo o que já foi feito em alusão às belezas da vida dos interiores deste Brasil, com um toque muito original e peculiar, que só poderia nascer da criatividade desses dois caras geniais”, acrescenta o músico. 

IDENTIDADE CULTURAL

Paulo Simões foi indicado ao Grammy Latino em 2017 pela composição da música “D de Destino”, parceria com Almir Sater e Renato Teixeira, na categoria Melhor Música em Língua Portuguesa. 

 

Em sua trajetória profissional, Simões sempre atuou com foco no desenvolvimento da identidade musical de Mato Grosso do Sul e prova disso é a canção que se tornou um dos maiores sucessos da Música Popular Brasileira,  reconhecida como o hino extra-oficial do Estado, ‘Trem do Pantanal’, composta em parceria com Geraldo Roca.

 

O trabalho do artista vai além da criação musical e inclui curadoria e direção artística de shows, nos quais atua diretamente, contribuindo para a ampliação do reconhecimento da música produzida pelos artistas sul-mato-grossenses.

 

©2019 por Paulo Simões - Trem do Pantanal.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • ICONE SPOTIFY
POSTS_DIÁLOGOS_MUSICAIS_2